RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

7 min de leitura 10 setembro. 2021

Como calcular o valuation: a importância para o investidor

# G2D Investiments
Como calcular o valuation: a importância para o investidor

Escolher uma empresa com altas perspectivas de crescimento é uma tarefa que demanda atenção. Afinal, além do quadro acionário e dos preceitos, o valor da companhia no mercado é uma informação que impacta na decisão final. Por isso, entender como calcular o valuation é tão importante.

O valuation de empresas é o processo, através do qual o investidor pode determinar qual valor ele acredita que a empresa possui. Isso envolve estimar o valor de uma companhia considerando as premissas do negócio, além do retorno que ela é capaz de dar em um determinado período.

Para o investidor, essa é uma das informações mais importantes na tomada de decisão, afinal é a partir desse valor que é possível prever o crescimento dela a longo prazo e quanto ela evoluiu desde o “lançamento” e o quanto, teoricamente, ainda pode crescer. A seguir, explicamos com detalhes como calcular o valuation, leia e entenda.

Quais são os métodos usados para calcular o valuation?

Conhecer e entender como calcular o valuation da empresa é importante para o investidor. Afinal, essa é uma informação que permite extrair vários dados sobre o negócio e compreender o que é valorizado.

Inclusive, o valuation possibilita uma análise mais complexa sobre a empresa, que ajuda a determinar o valor justo para adquirir uma participação societária. Isso porque, “tendo em mãos” o valor justo da empresa e o atual preço que estão pedindo pelas suas ações, é possível estimar se existem possibilidades de ganhos no futuro. 

Isso pode ocorrer caso o valor da empresa seja maior que o preço atual, visto que o preço da ação pode subir até o valor justo, fazendo com que o investidor ganhe dinheiro com a valorização.

Historicamente, o valor de uma empresa no mercado ajuda o investidor e aqueles interessados no negócio a entenderem o comportamento da empresa e as estratégias utilizadas para o crescimento. Desta forma, torna-se um indicador muito importante. Abaixo listamos alguns métodos utilizados para calcular o valuation, confira.

Pela renda

Um dos meios mais tradicionais de fazer o cálculo do valuation é pela renda, também chamado de FDC (Fluxo de Caixa Descontado). O valor de uma empresa está intimamente ligado à quantidade de dinheiro que ela gerará no futuro. 

Ou seja: quanto mais lucro ela gerar para seus acionistas ao longo do tempo, maior o seu valor hoje. Portanto, uma das maneiras de se estimar o valor de uma empresa é através dos seus fluxos de caixa futuros. Esse método consiste em três etapas principais:

  1. Estimar os fluxos de caixa futuros — montante recebido menos a quantia gasta — para os próximos meses;
  2. Como estamos tratando com quantias de dinheiro (fluxos de caixa) que, teoricamente, estão no futuro, devemos determinar uma maneira de trazer essas quantias para o presente, para que possamos estimar o seu valor hoje – afinal, 10 reais hoje valem mais do que 10 reais daqui a 100 anos. A maneira que podemos fazer isso é através de uma taxa de desconto, que é determinada em função do risco envolvido (tanto na empresa quanto no mercado no qual ela atua) e de outras oportunidades de investimentos. Com isso, podemos usar essa taxa para descontar os fluxos de caixa futuros para o presente;
  3. Compilar os resultados futuros e somá-los, obtendo o valor atual para empresa baseado na expectativa de lucro futuro.

 

Vale lembrar que quanto maior a taxa de desconto, maior o risco associado ao investimento, e, portanto, menos o investidor vai estar disposto a pagar, justamente para se proteger contra as incertezas associadas ao investimento – Afinal, ninguém quer pagar muito para correr um risco grande em perder o dinheiro investido.

Mesmo entendendo como calcular o valuation, é preciso ter em mente que não existe um valor satisfatório em comum. Isso se deve ao fato de que cada investidor tem uma perspectiva diferente daquilo que é importante para realizar um aporte de capital.

Pelo mercado

Outro meio de pôr esse cálculo em prática é pelo mercado, ou seja, considerando cotação e múltiplos — resultado da divisão entre o valor de uma empresa e uma métrica operacional, como receita ou lucro. Logo abaixo, exemplificamos alguns métodos de como calcular o valuation por esse viés, veja.

Múltiplos de mercado

O método para calcular o valuation por meio de múltiplos tem como base a comparação entre os indicadores fundamentais no mercado, ou seja, o valor da empresa com alguns parâmetros, como lucro, lucro operacional, entre outros. 

O método é similar ao determinar o preço de uma casa, baseado em outras do mesmo bairro. É comum determinarmos os preços dos imóveis nos baseando em índices como preço/m² para aqueles que são parecidos e que estão no mesmo bairro. 

Ou seja, “o quanto estamos pagando pelo o que estaremos recebendo em troca”. Para empresas o raciocínio é o mesmo: podemos analisar o quanto estamos pagando pela ação, comparado com o que a empresa irá gerar de lucro, por exemplo. 

Utilizando o exemplo: se uma casa, em um bairro específico, foi vendida por 1 milhão de reais e tem 500 m², significa que, naquele bairro, as casas daquele tipo são vendidas por cerca de 2000 reais por m². 

Logo, quando o comprador for determinar o preço de outra casa parecida no mesmo bairro, ele pode utilizar a mesma métrica, de cerca de 2000 reais por m². O raciocínio é o mesmo para as empresas. 

Se a ação de uma empresa, que atua em um setor específico, foi vendida por 10 reais e essa mesma empresa gerou 2 reais de lucro por ação, significa que empresas parecidas, no mesmo mercado, provavelmente terão o seu preço definido como sendo aproximadamente 5 vezes o seu lucro. 

Ou seja, se define o valor de uma empresa com base no que investidores estão pagando por outras empresas parecidas no mesmo setor. Caso o investidor encontre uma empresa parecida, que atua no mesmo setor das outras, mas que esteja sendo negociada com um múltiplo de, por exemplo, 3 vezes o seu lucro.

Significa que, baseado no mercado, essa empresa está mais barata que as outras, sendo possivelmente uma oportunidade. Existem diversos tipos de múltiplos que podem ser analisados nesse tipo de análise: Preço/Lucro, EV/EBITDA, EV/EBIT etc. 

Cada tipo de múltiplo pode fornecer um ângulo diferente sobre a análise, mas, fundamentalmente, todos tentam relacionar o preço de uma empresa com uma métrica de lucratividade. 

Vale ressaltar que para utilizar múltiplos para valuation, o mercado e a empresa devem ser parecidos aos que serão comparados – afinal, não podemos comparar o preço por metro quadrado de casas completamente diferentes em bairros completamente diferentes.

Valuation pré-investimento

Também é possível descobrir o valuation de uma empresa antes que ela tenha qualquer tipo de aporte de capital. Vamos supor que antes de receber um investimento, a empresa tenha um valuation de 100 milhões de reais. Esse é o seu valuation pré-investimento.

Valuation de Liquidação 

Ainda existe outro enfoque ao entender como calcular o valuation: baseado no valor de liquidação dos ativos da empresa, ou seja, somar todos os ativos e subtrair todos seus passivos. Essa é uma avaliação que é mais utilizada por empresas em dificuldades financeiras, por isso o nome de “liquidação”.

Esse é um método utilizado quando a empresa se encontra em dificuldade financeira, no qual sua operação toda vale menos do que seus ativos (máquinas, carros, estoque etc.), portanto se define o preço da empresa como sendo a soma dos valores que seriam obtidos caso se vendessem todos seus ativos e se pagassem todos os seus passivos – um valor residual.

G2D: invista como os maiores alocadores do mundo

Independentemente de se investir na Bolsa de Valores (B3) ou em uma empresa privada — que não está listada na B3 —, existem alguns pontos a serem analisados, como o valuation. Agora, se você quer fugir desse trabalho e contar com a ajuda e experiência de investidores profissionais, e, ao mesmo tempo, investir em empresas com grande potencial de crescimento, inovadoras e disruptivas, conheça o portfólio da G2D e compre as nossas ações G2DI33 na B3.

#

O que é a G2D investimentos

A G2D é uma plataforma global de investimentos em empreendimentos promissores quando o assunto é tecnologia disruptiva e crescimento acelerado. Está listada na B3 como (G2DI33)