RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

5 min de leitura 08 abril. 2022

Vale a pena operar no day trade? Descubra

# G2D Investments
Vale a pena operar no day trade? Descubra

O day trade é uma das estratégias de investimento em curto prazo mais utilizadas no mercado financeiro. Ele permite alcançar altos lucros, aproveitando as oscilações de preços dos ativos.

Porém, para ser um day trader de sucesso, é preciso estar sempre de olho no mercado e ter em mente que o cenário pode mudar em poucos minutos, o que gera algumas perdas ao longo do processo.

Quer saber mais sobre o assunto e descobrir como você pode lucrar com essa modalidade de investimento? Neste post, esclarecemos as dúvidas mais comuns sobre o day trade!

O que é day trade

O day trade nada mais é que uma forma de negociar na Bolsa de Valores com operações de curto prazo, que duram poucas horas ou até minutos. As transações dos ativos começam e terminam no mesmo pregão, podendo envolver compra e venda de ações, contratos futuros ou outros ativos.

Ao investir no day trade, você realiza uma série de operações de compra e venda no mesmo dia. Assim, é possível lucrar com as variações de preços e ter a chance de vender os ativos na alta para comprá-los por um preço mais baixo depois. 

Day trade vale a pena?

Day trade vale a pena, mas, para isso, é necessário estar muito atento ao cenário e acompanhar o mercado financeiro de perto. Como o cenário é muito dinâmico, as previsões podem mudar completamente em pouco tempo. Nesses casos, é preciso recalcular a rota e rever as estratégias.

Para ter sucesso, o day trader precisa ser extremamente técnico e seguir as estratégias traçadas atentamente. Para operar no day trade, há vários fatores a serem considerados, como os indicadores técnicos e as estatísticas.

Outras estratégias são a arbitragem, o acompanhamento de tendências, o reconhecimento de padrões, o princípio de reversão à média, o fluxo de ordem e o investimento por meio de algoritmos, os famosos robôs de investimento. Também é importante utilizar o stop loss, uma ferramenta que limita os prejuízos caso a operação não seja bem-sucedida.

Vantagens do day trade

Como acontece com todo tipo de investimento, existem riscos e benefícios no day trade. É preciso pesar os prós e os contras para avaliar se vale a pena embarcar. Confira algumas das principais vantagens a seguir.

Retorno rápido

Como as operações são de curto prazo, ocorrendo em um único dia, o investidor ganha agilidade e aproveita as oscilações de preço dos ativos na Bolsa para ter retorno rápido. Além disso, o lucro pode ser resgatado em cerca de 24h.

Alavancagem

Para investir em ações para day trade, não é preciso ter o capital necessário para comprar os ativos. É possível operar alavancado e pagar apenas pelas perdas monetárias ou ficar com o lucro da transação. No entanto, é preciso ter cuidado com essa técnica, pois assim como os ganhos, o prejuízo também pode ser multiplicado.

Controle de perdas

O investidor conta com um mecanismo chamado stop loss para limitar eventuais prejuízos quando os ativos se desvalorizam. Com essa ferramenta, dá para programar a venda automática dos ativos quando eles atingem determinado valor, minimizando a perda financeira.

O que é preciso para operar com day trade

As corretoras permitem que investidores operem na bolsa de valores por meio de uma plataforma chamada home broker. É nela que as pessoas dão ordens de compra e venda de ativos de renda variável.

Para atuar nessa área, não é necessário ter formação específica nem nenhum tipo de certificação. Entretanto, é preciso que o investidor esteja por dentro das dinâmicas do mercado e tenha familiaridade com investimentos para conhecer as principais técnicas, saber quais são as melhores ações para day trade, etc.

É importante ressaltar que estratégias de curto prazo, como day trade e swing trade, são arriscadas, demandando tempo e conhecimento de mercado. O day trade pode gerar perdas caso não seja feito da forma adequada, portanto, não é uma “aventura” a ser seguida de qualquer maneira.

Para quem ainda não se sente 100% confiante em seguir a estrada do day trade, há grandes corretoras de valores que oferecem cursos sobre o assunto e podem ser um bom ponto de partida. Inclusive, há cursos dedicados especificamente a ensinar day trade para iniciantes, partindo do zero.

Custos necessários para iniciar no day trade

A tributação do day trade ocorre somente quando existe lucro e não há prejuízos anteriores a compensar. Caso haja lucro, a alíquota é de 20% em cima do valor líquido, com a taxa de corretagem descontada. Para descobrir se será necessário pagar imposto, o investidor deve calcular os ganhos e as perdas do mês anterior.

Além dos tributos, existem algumas taxas envolvidas nas operações de day trade, como a taxa de corretagem, que incide sobre as transações, e os emolumentos, cobrados pela Bolsa de Valores e pela Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia, que variam de acordo com o ativo negociado.

Faça seu capital render com a G2D

O day trade é mais uma estratégia utilizada para diversificar sua carteira e ampliar seu capital. Que tal investir com a G2D para ter resultados ainda mais expressivos?

A G2D investe em negócios disruptivos, com potencial para alçar voos cada vez mais altos, tanto no Brasil quanto no exterior. Quer conhecer melhor as empresas do nosso portfólio? Clique aqui e confira!

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.