RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

5 min de leitura 06 julho. 2022

Entenda o que é ESG e a sua importância

# G2D Investments
Entenda o que é ESG e a sua importância

Se está pensando em investir em empresas, é essencial conhecer alguns termos que impactam os resultados, como o que é ESG. A sigla significa Environmental, Social and Corporate Governance, utilizada para se referir às melhores práticas ambientais, sociais e de governança de um negócio. 

As organizações adotam práticas de Environmental, Social and Governance para atuar com responsabilidade. Porém, praticá-las no funcionamento diário do negócio também ajuda as empresas a obterem bons resultados financeiros, de forma mais responsável com o planeta e a sociedade. Entenda porque isso acontece.

O que é ESG?

Para começar, entenda o que significa ESG: essa sigla, traduzida como “Ambiental, Social e Governança”, é utilizada em referência às práticas de organizações que atuam em prol do meio ambiente. Isso quer dizer que elas podem colocar a sustentabilidade à frente do lucro, por exemplo. 

Ocorre que, geralmente, empreendimentos comprometidos com práticas socioambientais conseguem retornos positivos no mercado, tanto nos aspectos econômicos quanto na gestão de risco.

Sendo assim, o ESG representa, principalmente, um critério de direcionamento na escolha de onde e como adquirir produtos e serviços. Abaixo, descrevemos o significado de cada letra da sigla.

E (environmental ou sustentabilidade) 

A primeira letra de ESG, “sustentabilidade”, representa um dos critérios utilizados para analisar uma empresa: as práticas ambientais. O objetivo é entender como os empreendimentos tratam os resíduos de produção e o consumo de energia, além de como buscam reduzir o impacto ambiental de sua produção.

S (social)

O critério “social” é usado para entender como as empresas lidam com os direitos humanos. É analisada a posição das companhias a respeito da igualdade de gênero, da inclusão de grupos minoritários e do respeito às leis trabalhistas. Os social bonds, por exemplo, são opções para investidores preocupados com questões sociais. 

G (governance ou governança)

O critério de “governança” é o último da sigla para ambiental, social e governança. Busca-se analisar se os executivos e o conselho de administração da companhia atendem aos interesses dos funcionários, dos acionistas e dos clientes. É uma forma de preservar a marca e a composição acionária de casos de corrupção, por exemplo. 

Qual é a importância de uma empresa com práticas ESG?

É interessante entender como as empresas que você está pensando em investir aplicam esses três pilares em seus negócios. A partir disso, você pode analisar não só o retorno financeiro, mas também como tais critérios são incorporados. 

Por outro lado, as organizações buscam entender o que é ESG e como praticá-lo para acompanhar as rápidas mudanças culturais, comportamentais e econômicas enfrentadas pelo mundo. Segundo a KPMG, quem adere às práticas ESG retêm mais colaboradores qualificados e conquista um reconhecimento de marca mais positivo.

Além disso, o negócio que pratica ESG torna-se mais sustentável a longo prazo, já que ganha maiores chances de crescimento. Afinal, os consumidores atuais priorizam conhecer e consumir cada vez mais marcas transparentes e responsáveis não só com as pessoas, mas com o planeta.

Também vale ressaltar que, ao implementar Environmental, Social and Corporate, é possível evitar problemas legais, reduzir os custos e os riscos, além de aumentar a receita. Como consequência, a empresa torna-se mais atrativa para fazer parte de um portfólio de ativos, especialmente para interessados em investimentos de impacto

Como identificar as práticas ESG em um negócio?

Identificar os negócios que adotam estratégias de ESG demanda um pouco de pesquisa do investidor. Existem algumas características que revelam a preocupação de uma empresa com essas questões. 

Um dos casos a ser observado é a existência de conselhos na organização. Podem ser voltados a garantir a igualdade de salários e oportunidades entre os gêneros na empresa, por exemplo. 

O investidor também pode ficar atento aos produtos e aos serviços de uma marca. Será que eles adotam práticas sustentáveis como regra na cadeia de produção? Será que os produtos reduzem a emissão de carbono na atmosfera? Tais informações devem estar presentes nas comunicações oficiais da marca. 

Por isso, quando receber os dados para analisar a decisão de compra de ativos, vale conferir esses pontos. Também se lembre de avaliar o relacionamento da organização com o quadro de colaboradores. Afinal, mesmo que a empresa tenha uma reputação positiva sobre ESG, ela deve refletir esses valores internamente.

Apoie empresas comprometidas com o ESG pela G2D

Se você busca saber o que é ESG, também pode estar interessado em investir em marcas que priorizam uma relação positiva com o meio ambiente. A G2D Investments é uma plataforma global que dá acesso a investimentos em companhias com sólidas práticas pela redução do impacto negativo no planeta. 

No portfólio, há diversas marcas disruptivas de consumo. A Moss, por exemplo, disponibiliza crédito de carbono para o investidor compensar a pegada de carbono. Já a NotCo produz alimentos à base de plantas, eliminando a emissão de CO2 causada pela criação de animais da produção. 

Caso esteja procurando por investimentos para colocar parte do seu patrimônio, que tal contar com informações de quem tem experiência no mercado financeiro? Assine a newsletter para ficar atento aos conteúdos dos especialistas da G2D.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.