RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

2 min de leitura 05 janeiro. 2023

A G2D investe em marcas com embalagens mais sustentáveis

# G2D Investments
A G2D investe em marcas com embalagens mais sustentáveis

Embalagens são uma caratcerística da nossa época. Basta uma ida ao supermercado para perceber a importância das caixas, garrafas e frascos de materiais como papel, vidro, alumínio e plástico. Elas protegem mercadorias de impactos e contaminação externa, fornecem informações, atraem o consumidor.

Esse protagonismo, no entanto, tem um custo. Financeiro e ambiental.

O impacto das embalagens

Segundo o Ministério do Meio Ambiente (MMA), cerca de um terço dos resíduos domésticos é formado por embalagens – e cerca de 80% foram descartadas após um único uso.

Incluindo na conta as embalagens descartadas pela indústria e pelo comércio, chegamos a uma conta assustadora: cerca de 25 mil toneladas de embalagens são descartadas diariamente no Brasil.

Esse é o tamanho do problema das embalagens – e também o potencial de solução. Investir em materiais e design, de olho no impacto ambiental, é uma forma de pensar alinhada com a governança ambiental, social e corporativa (ESG, na sigla em inglês).

O papel das empresas

A The Craftory investe em empresas com um trabalho destacado de responsabilidade social e ambiental. “Queremos fazer do impacto mensurável o novo normal”, diz Elio Leoni Sceti, cofundador da Craftory. É o caso de Dyper, Dropps, Edgard & Cooper e Who Gives a Crap.

As fraldas Dyper são entregues em caixas de papelão reciclado. A tinta, biodegradável, não cobre toda a embalagem.

A Dropps usa embalagens de papel reciclado com tinta biodegradável. A marca ainda conseguiu diminuir o volume de seu produto, ao criar cápsulas biodegradáveis de detergente. Assim, a empresa já deixou de usar mais de 2 milhões de garrafas plásticas.

Outro exemplo é a marca de alimentação para bichinhos Edgar & Cooper. Suas embalagens são feitas de uma camada externa de papel com certificado FSC, tintas de água e uma camada interior de bioplástico fabricado a partir de batata. Assim, a empresa já deixou de usar mais de 7 milhões de embalagens plásticas.

Já a Who Gives A Crap, marca australiana de papéis higiênicos a base de fibra de bambu, trabalha com produtos 100% reciclados.

O papel da G2D – e o seu

A G2D investe The Craftory . Ao investir em G2DI33, você apoia marcas de consumo inovadoras – e participa do desempenho delas.