RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

4 min de leitura 17 novembro. 2021

Investimento anjo: os prós e os contras desta modalidade

# G2D Investiments
Investimento anjo: os prós e os contras desta modalidade

O investimento anjo é uma das formas mais tradicionais das startups conseguirem capital para desenvolver o negócio no estágio inicial de negócio. Investidores-anjo buscam alto potencial de retorno comprando participação minoritária em empresas nascentes. 

Além do investimento, estes investidores podem proporcionar mentorias e abrir portas estratégicas para a nova companhia, algo conhecido como smart money. Por outro lado, pode haver uma cobrança maior por resultados, já que existe um risco grande para o investidor que aplica dinheiro em um empreendimento novo.

No entanto, este tipo de investimento pode ser crucial para o início do negócio. Conheça melhor o que é investimento anjo, quais são as características dessa aplicação, além dos prós e dos contras da operação.

O que é investimento anjo? 

O termo “investimento anjo” surgiu nos Estados Unidos, quando empresários bancavam novas produções da Broadway. Com isso, eles assumiam os riscos envolvidos e lucravam com parte da arrecadação dos shows. 

Hoje, a ideia é a mesma: investir capital em uma empresa nascente, participar das discussões sobre o negócio e, com o tempo, receber retorno com a valorização da companhia. 

Por isso, em teoria, qualquer negócio pode buscar investidores anjo, mas geralmente, os mais rentáveis são as startups, que apresentam potencial de crescimento maior.

O melhor cenário para esse tipo investidor é encontrar um negócio em estágio inicial, alocar o capital e ver o empreendimento crescer, podendo até se tornar um “unicórnio”, quando uma startup atinge valor de mercado acima de um bilhão de dólares. 

Porém, isso é bastante raro de acontecer e envolve muitos riscos. Estudos da aceleradora Farm mostram que sete em cada dez startups fecham as portas antes de completar cinco anos de existência. Por essa razão, muitos investidores anjos preferem atuar em grupo para mitigar os riscos. 

Como funciona o investimento anjo?

No Brasil, há algumas diferenças de como funciona investimento anjo. Por aqui, o investidor foca mais nas empresas que ao menos já tenham parte da companhia iniciada, mesmo que com uma pequena base de clientes — diferente dos Estados Unidos, por exemplo, em que o investimento pode acontecer já na concepção da ideia. 

No investimento anjo no Brasil, parte minoritária do negócio fica com o investidor, geralmente entre 5% e 15%, parte que ele pode optar por vender e lucrar quando  quando e se houver oportunidade. Além do dinheiro, os empreendedores podem receber conselhos para o desenvolvimento da ideia e ajuda para estabelecer redes de contato. 

Como dito, os investidores anjo podem ser apenas uma pessoa, mas costumam formar um grupo, com o investidor líder, que dedica mais tempo para participar de conselhos e reuniões da nova companhia. Essa também é a forma mais eficiente para diminuir as perdas no caso do negócio não evoluir da forma desejada. 

Prós e contras de ser investidor anjo

O potencial de retorno do investimento para o investidor anjo é o maior benefício. Como as empresas estão em estágio inicial, contam com um valor de mercado muito abaixo do que podem alcançar se conseguirem executar seu plano de crescimento em alguns anos. 

É nisso que o investidor mira quando está procurando investir em novos empreendimentos.

Por outro lado, é difícil encontrar uma empresa com tamanho potencial e que consiga de fato executar seu plano, especialmente se a procura for feita de forma individual. Por esse ângulo, ser investidor anjo pode trazer certo risco para os menos experientes e com menos acesso. 

O potencial de retorno de um investidor anjo está intimamente ligado ao tamanho do portfólio de startups investidas que possui. Pesquisas apontam que para um investidor anjo obter retorno sobre investimento comparável aos melhores fundos de Venture Capital, é preciso montar um portfólio com dezenas de staturps.

Tenha a G2D como parceira

A G2D conta com dezenas de profissionais dedicados a encontrar negócios já maturados e que passaram das fases de maiores incertezas. Com isso, o investidor pode ter acesso a oportunidades de investimento em tecnologia em patamares menos arriscados, aliando maior chance de rentabilidade. 

Investimos em empresas de diversos segmentos e de várias regiões pelo mundo, como Brasil, Estados Unidos e Europa. O portfólio diversificado da G2D permite que você tenha acesso a essa vasta lista de empresas com alto potencial de valorização nos próximos anos. 

Para ficar por dentro de todas as novidades e os investimentos da G2D, assine a nossa newsletter. Conheça tudo sobre as empresas nas quais acreditamos. 

 

#

O que é a G2D investimentos

A G2D é uma plataforma global de investimentos em empreendimentos promissores quando o assunto é tecnologia disruptiva e crescimento acelerado. Está listada na B3 como (G2DI33)