RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

7 min de leitura 08 novembro. 2021

As martechs e o futuro do marketing

# G2D Investments
As martechs e o futuro do marketing

Já se deparou com alguma propaganda online que oferece exatamente o produto que você estava procurando? Provavelmente uma startup do segmento de martech esteja por trás desse tipo de conteúdo. Mas esses negócios vão muito além da divulgação de produtos. 

Neste artigo, vamos entender um pouco sobre as diferentes soluções que aliam marketing e tecnologia. Também vamos conhecer as principais martechs no Brasil e no mundo. Acompanhe!

O que é martech?

Martech é um tipo de startup que usa tecnologia e automação de processos para que o marketing seja mais eficiente. A sigla significa marketing technology (em inglês, tecnologia em marketing). 

Esses negócios disruptivos ajudam os negócios a se conectarem com seus públicos e gerar receita por meio de campanhas mais inteligentes, estratégicas e personalizadas, facilitando:

  • a produção de conteúdo: ferramentas para gestão de blogs, canais de vídeo, redes sociais e aplicativos de mensagem;
  • o gerenciamento de contatos: ferramentas de e-mail marketing e Customer Relationship Management, ou CRM;
  • a promoção de eventos: plataformas que ajudam a gerenciar eventos do início ao fim, desde a contratação de insumos e fornecedores até a transmissão em streaming;
  • a veiculação de anúncios: também chamadas de adtechs, essas empresas ajudam negócios a fazer campanhas em canais pagos;
  • a coleta e análise de dados: ferramentas de WebAnalytics e Search Engine Optimization.

Como surgiram as martechs?

O panorama das martechs mudou drasticamente nos últimos 10 anos, acelerado pelo surgimento de novas tecnologias e novas demandas de clientes. Grande parte das principais martechs no universo da inovação e tecnologia surgiram próximo ao ano de 2010. 

No Brasil, a maioria das martechs surgiram depois de 2013. Trata-se de um timing que coincide com a criação de startups em outros segmentos de relevância, como o das fintechs. Essa movimentação ocorreu junto de um aumento na entrada de fundos de venture capital no Brasil.

Mais recentemente, a pandemia impactou aqueles que buscavam se adaptar aos desafios da comunicação em canais digitais. Um maior número de negócios teve de ir ao mercado em busca de soluções para atender uma demanda totalmente digital, ampliada pelo isolamento. E assim, cada vez mais empreendimentos recorrem às martechs para alcançar seus consumidores.

Nesse contexto de uma comunicação digital que evolui cada vez mais rápido, empresas de tecnologia como as martechs são as mais qualificadas para acompanhar o ritmo acelerado.

Sendo assim, as martechs surgiram para oportunizar benefícios como: 

  • Campanhas melhores, criadas com acesso a ferramentas de análise de dados para entender como as pessoas enxergam um determinado conteúdo. Assim, é possível otimizar e trazer mais pessoas para a dentro de uma campanha;
  • Eficiência através da automação de marketing, por exemplo. Assim, as martechs ajudam empresas por meio da inteligência artificial a criar conteúdos personalizados para diferentes categorias de clientes;
  • Experiência do consumidor, um tópico chave para a tecnologia de marketing. As martechs ajudam a tomar decisões para aprimorar a jornada do cliente.  É a experiência do consumidor cada vez mais hiper personalizada. 

Tipos de martechs

Então, vamos conhecer os tipos de martechs presentes no mercado? Um levantamento da Distrito Dataminer separou os tipos de martechs em quatro categorias de atuação. Confira a lista: 

  • advertising and promotion: são startups que desenvolvem ferramentas para promoção, divulgação e exibição de marcas, produtos, serviços e campanhas;
  • commerce and sales: companhias de tecnologia de marketing que recolhem dados dos compradores. Assim, utilizam inteligência de mercado e impulsionam motores de vendas.
  • social and relationship: plataformas que criam soluções tecnológicas para áreas de relacionamento com clientes e marketing em redes sociais.
  • content and experience: essas martechs focam em criar e distribuir conteúdo para atrair, reter e engajar o público.

Principais martechs no Brasil

O mercado  brasileiro de martechs conta com 727 startups desse segmento, que atraíram quase US$ 200 milhões em investimentos em 2020. Os dados são da pesquisa Inside Martech Report do Distrito Dataminer. Abaixo, listamos algumas das principais martechs brasileiras:

Take Blip 

Uma startup mineira que recebeu, em 2020, investimentos do fundo americano de private equity Warburg Pincus. A Take Blip oferece uma plataforma para que clientes possam usar as redes sociais para engajar o consumidor, fazer vendas e prestar atendimento. Um dos serviços da Take são os chatbots — inteligências artificiais que conversam com pessoas.  

Incognia

A Incognia é uma empresa adquirida pela Magazine Luiza em 2020. A solução da Incognia é uma tecnologia de localização que utiliza dados de rede, localização e inteligência dos dispositivos combinados com sensores de movimento para reconhecer usuários confiáveis. Um dos serviços da empresa é o reconhecimento de clientes confiáveis para aumentar conversões.  

RD Station 

Uma ferramenta de automação de marketing digital. Foi criada para abranger as ações que uma empresa necessita para atrair mais leads e clientes, crescendo de forma previsível e escalável. Tem como funcionalidades a criação de anúncios, publicação em redes sociais e monitoramento de SEO. 

Pipefy 

Pipefy é uma plataforma de gerenciamento de projetos e automação de fluxos de trabalho criada em 2015. A startup é brasileira, mas se internacionalizou desde cedo: tem sede em São Francisco, na Califórnia, e clientes em mais de 200 países. Oferece automação de workflows e gestão de processos, entre outras funcionalidades. 

Principais martechs no mundo

O mercado global de tecnologia de marketing é estimado em $ 344,8 bilhões de dólares em 2021. Com este valor, dá para entender como as martechs desempenham um papel de destaque em quase todas as organizações.

Conheça algumas das principais martechs no mundo atualmente: 

Salesforce 

A americana Salesforce é uma empresa fundada em 1999. Trata-se de uma plataforma de CRM integrada. Atualmente, oferece softwares que focam na solução de gerenciamento de relacionamento para aproximar empresas e pessoas. 

Hubspot

Fundada em 2006 nos Estados Unidos, é uma das maiores referências em Inbound Marketing do mundo. Desenvolve e promove ferramentas para produção de conteúdo e gestão de contatos.

Twillio 

O Twilio é a plataforma de comunicação na nuvem líder mundial que permite envolver os clientes em todos os canais: SMS, voz, vídeo, e-mail, WhatsApp. A empresa tem sede em São Francisco, Califórnia. 

Mailchimp 

Mailchimp é uma plataforma americana de automação de marketing e serviço de e-mail marketing. Ela é usada por negócios para gerenciar listas de mala direta e criar campanhas de e-mail marketing e automações para enviar aos clientes.A empresa promete expandir negócios através das suas ferramentas inteligentes de marketing e comércio. 

Uma vez que você entende mais sobre o mundo das martechs, pode querer conhecer outras novidades e tendências nesse mercado. Por isso, assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.