RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

4 min de leitura 29 novembro. 2022

O que é crédito de carbono? Conheça esse mercado

# G2D Investments
O que é crédito de carbono? Conheça esse mercado

A sustentabilidade é uma pauta urgente do mundo contemporâneo. Lideranças de todo o globo discutem soluções para proteger o meio ambiente e conter a crise climática. Nesse contexto, o mercado de crédito de carbono desponta como uma alternativa para a construção de um futuro mais sustentável.

Neste post, vamos explicar o que é crédito de carbono e como funciona esse mecanismo. Também vamos apresentar iniciativas que visam reduzir o impacto ambiental, compensando a pegada de carbono, como a Moss. Confira, a seguir!

O que é crédito de carbono?

Antes de qualquer coisa, é importante explicarmos o que é crédito de carbono. Para isso, é preciso dar um passo atrás e falar do efeito estufa, um fenômeno natural, responsável por absorver parte da radiação solar que incide na superfície terrestre, balanceando a temperatura do planeta.

Gases, como carbônico e metano, participam do efeito estufa. O grande problema é que a humanidade, hoje, produz esses gases em uma quantidade muito maior do que o planeta é capaz de absorver no curto prazo. Então, a Terra absorve mais calor, e isso causa um desequilíbrio que pode levar a consequências irreversíveis se nada for feito.

A concentração de CO2 na atmosfera aumentou, sobretudo, devido à queima de combustíveis fósseis, como o petróleo, o carvão e o gás natural. Já a maior geração de gás metano se deve, principalmente, à decomposição de matéria orgânica e à atividade agropecuária.

Por esse motivo, o crédito de carbono permite descentralizar a produção de um impacto ambiental e sua compensação. Uma empresa emissora pode incentivar, por meio de pagamentos, empresas que capturam essas emissões.

Como o crédito de carbono funciona

Os créditos de carbono representam uma equivalência: 1 crédito de carbono equivale a 1 tonelada de dióxido de carbono que não foi emitida, portanto, contribui para reduzir o efeito estufa e manter a temperatura em equilíbrio. Assim, é possível neutralizar a pegada de carbono e diminuir o impacto ambiental.

Empresas, pessoas físicas e até governos podem negociar por meio de operações de compra e venda de crédito de carbono entre companhias no mesmo país, entre países diferentes e até entre negócios e consumidores. O preço pode chegar a US$ 10 atualmente.

Entenda o mercado de crédito de carbono

O mercado de crédito de carbono pode ser regulado, com regras determinadas pelos governos, ou voluntário, em que as empresas do setor privado e as pessoas físicas se disponibilizam a comercializar créditos para compensar emissões e diminuir o impacto das ações no planeta.

Assim, muitos países conseguem neutralizar a pegada de carbono comprando os créditos excedentes de outros mercados. Vale lembrar que os créditos produzidos devem ser auditados por entidades independentes.

Além de governos, empresas e ONGs, os consumidores comuns conseguem negociar créditos de carbono. Para quem quer entrar nesse mercado e colaborar com a sustentabilidade do planeta, existem corretoras, fundos e plataformas especializadas em viabilizar as negociações.

Iniciativas privadas para o mercado de carbono

Neutralizar as emissões de carbono é fundamental para a preservação do planeta. Por isso, surgiram iniciativas do setor privado que visam reduzir a emissão de gases do efeito estufa. É o caso da Moss Earth, empresa que integra o portfólio da The Craftory.

A empresa é uma climatech disruptiva: foi criada com o objetivo de combater as mudanças climáticas e promover mais sustentabilidade com base nos créditos de carbono. Com o auxílio da Moss, pessoas físicas e jurídicas conseguem compensar as emissões de forma facilitada.

A Moss ajuda a descobrir o nível de CO2 gerado por atividades e as melhores maneiras de neutralizá-lo. Os créditos de carbono se transformam em investimento em projetos de preservação de florestas nativas, reflorestamento, agricultura regenerativa e outras propostas para uma vida mais sustentável.

Além dessa iniciativa, existem inúmeras outras, desde a indústria vegana até as empresas que adotam práticas de Environmental, Social and Governance (ESG) para tornar as ações mais ambientalmente responsáveis. Cada vez mais organizações despertam para a necessidade de proteger o planeta.

Invista em empresas comprometidas com pautas ambientais

A G2D se compromete com projetos que visam à preservação da natureza e à sustentabilidade, incluindo o mercado de crédito de carbono. Você pode ajudar a construir um futuro mais verde comprando os papéis listados na B3 sob o código G2DI33

Quer entender como investir em empresas dispostas a inovar e tornar o mundo melhor? Então, visite o nosso site, inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de todas as atualizações.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.