RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

3 min de leitura 25 abril. 2022

Parceria: Mercado Bitcoin fecha acordo com EQI

# G2D Investments
Parceria: Mercado Bitcoin fecha acordo com EQI

O mercado de investimentos ganhou uma nova parceria: Mercado Bitcoin, empresa investida da G2D por meio da 2TM, e EQI fecharam acordo para venda cruzada de investimentos tradicionais e de criptoativos.

Trata-se de uma joint-venture que vai funcionar no modelo white label, em que cada plataforma oferecerá acesso aos ativos da outra sem que os clientes tenham que trocar de ambiente na hora de negociar.

A parceria é baseada em troca de tecnologia e exige investimento relativamente pequeno, segundo Juliano Custódio, CEO da EQI.

Conforme notícia do jornal Valor Econômico, a opção pelo modelo de joint-venture em vez de uma parceria comercial foi para alinhar os interesses das empresas com a melhor experiência do cliente:

“O cliente ganha muito quando há parcerias envolvendo ‘equity’, as companhias ficam de fato alinhadas, não é só uma linha de receitas dentro do produto”, diz Reinaldo Rabello, CEO do Mercado Bitcoin, ao jornal.

Custódio também destacou que o objetivo foi fazer um “casamento sólido”, o que aumenta a confiança dos clientes em ambas as instituições.

Fundo e ETF de cripto estão no radar

Segundo o Valor, algo que já está em estudo na parceria Mercado Bitcoin e EQI é a criação de um fundo e um ETF de criptoativos, algo que a parceria ajuda a impulsionar.

Na categoria de ETFs no mercado brasileiro, o HASH11, da gestora Hashdex, foi lançado há um ano e já é o quarto mais negociado na B3. Em sua composição, tem 65% da carteira em Bitcoin, 30% em Ethereum e o restante em outros ativos do mercado de criptomoedas como Litecoin, Bitcoin Cash e ativos ligados ao metaverso, como Axie Infinity e The Sandbox.

Em oitavo lugar no mesmo ranking fica o QBTC11, da QR Asset, que foi lançado em junho de 2021 e é composto 100% por Bitcoin.  A rápida adoção desses instrumentos representa uma oportunidade tanto para a EQI quanto para o Mercado Bitcoin na estruturação de novos produtos de investimento.

Com 3,5 milhões de cadastros, sendo 1 milhão com ativos em custódia, o Mercado Bitcoin girou R$ 40 bilhões em negociação de criptoativos em 2021. Com o acordo, a EQI espera atender entre 100 mil e 200 mil clientes da plataforma.

Ao mesmo tempo, os clientes da EQI, com tíquete médio em torno de R$ 290 mil em investimentos, passam a acessar um cardápio de mais de 90 ativos digitais por meio do Mercado Bitcoin, incluindo o segmento de cripto games, DeFi e ativos ligados à badalada economia do metaverso.

“Há ideias no sentido de que todos os ativos comprados por fundos, CRI, CRA, debêntures, têm um paralelo no mundo cripto e com uma forma mais barata de se fazer, e hoje a regulação não permite. Mas, no futuro, as pessoas vão comprar produtos pela gestora ou fora dela por meio de blockchain. O futuro é cripto”, afirma Custódio ao Valor.

Invista no Mercado Bitcoin com a G2D

A G2D é uma empresa de Venture Capital negociada na B3 com o ticker G2DI33. Por meio do papel, qualquer pessoa pode investir em empresas de capital fechado, que têm alto crescimento e que estão posicionadas em mercados estratégicos no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa.

Além do segmento de criptoativos, a G2D também investe em companhias de tecnologia voltadas para infraestrutura de pagamentos (Blu e CERC), educação (Quero Educação), desenvolvimento de software (Digibee) e bens embaláveis.

Em nosso portfólio internacional, temos marcas como NotCo, Seed Health, TomboyX, Ruby Love, entre outras. Conheça nosso portfólio.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.