RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

5 min de leitura 04 fevereiro. 2022

Você está preparado para as profissões do futuro?

# G2D Investments
Você está preparado para as profissões do futuro?

Escolher uma carreira, mudar de área profissional e enfrentar a concorrência por um novo emprego não são tarefas fáceis, principalmente quando o mercado de trabalho passa por mudanças e as profissões do futuro ainda estão sendo desenhadas.

A pandemia do novo coronavírus fez as empresas e os trabalhadores adaptarem-se a uma nova realidade: o trabalho remoto, também conhecido como home office, regado a investimentos em novos conhecimentos e competências.

Expressões como inteligência emocional e lifelong learning ganharam destaque, mostrando que os recrutadores e as empresas passaram a valorizar as habilidades interpessoais, também chamadas de soft skills. Abaixo, veja o que você precisa para se preparar para a chegada das profissões do futuro.

O futuro das profissões

Por anos, escutamos que as máquinas dominariam os empregos dos humanos, mas será que isso é verdade? De acordo com o Fórum Econômico Mundial, robôs e programas de computador poderão substituir 25% das funções conhecidas atualmente até 2025.

O dado remete a trabalhos mecânicos, como fichamento e organização de documentos, o que não significa que os cargos que utilizam essas funções desaparecerão. Assim, as profissões do futuro não estão apenas ligadas às novas tecnologias, mas também à criatividade, aos pensamentos estratégicos e analíticos, assim como à negociação.

Com isso, as soft skills relacionadas ao comportamento, à interação e à aptidão, como produtividade e foco, ganharam importância no mercado de trabalho, com destaque para boa comunicação, inteligência emocional e senso de liderança.

O que é lifelong learning?

O aprendizado contínuo, também chamado de lifelong learning, é uma habilidade importante para obter sucesso no atual mercado de trabalho, conforme a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

A instituição defende que o lifelong learning tem o potencial de vincular produtividade à empregabilidade, transformando-se em uma estrutura mais inclusiva, devido à maior facilidade em transitar pelo aprendizado, e podendo reduzir desigualdades.

Segundo a OIT, com as mudanças tecnológicas, a globalização e as adaptações que a pandemia trouxe, um sistema de educação ao longo da vida torna-se a chave para a recuperação social-econômica e o desenvolvimento das profissões do futuro.

Profissões do futuro para além de 2030

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, os empregos em alta na próxima década refletirão a tendência do trabalho remoto, do avanço de tecnologia de imersão de realidade virtual e robôs, da busca pelo bem-estar dos funcionários e da preocupação ambiental. 

Levando em consideração o cenário e as tendências econômicas do mercado de trabalho, o fórum listou dez profissões do futuro, que ainda estão sendo desenvolvidas e devem crescer a partir de 2030. Veja a seguir.

Facilitador de home office 

Com a alavancagem do trabalho híbrido ou remoto a partir de 2020, as empresas devem investir em profissionais para otimizar esse modelo.

Conselheiro de compromissos fitness 

O isolamento social predispõe a falta de exercício físico e o aumento do peso, o que pede profissionais que possam unir as tecnologias digitais com a necessidade de manter a boa forma.

Gerente de design de smart home 

Além de tornar o home office realidade para diversos trabalhadores, o período de restrição de circulação trouxe a necessidade de deixar nosso lar mais aconchegante, com as tecnologias e o espaço para o trabalho remoto.

Conselheiro de imersão ao XR 

Com o advento da realidade estendida (XR) e a popularização do metaverso, esse profissional colaborará com engenheiros da computação para implementar as melhores experiências e imersões com realidade virtual e aumentada.

Arquiteto de ambiente de trabalho 

Esta profissão permitirá a reformulação dos escritórios no período pós-pandemia, centralizando o bem-estar dos funcionários. A humanização dos ativos imobiliários das empresas será essencial para o futuro do trabalho.

Auditor de viés de algoritmo 

Com a quantidade de dados gerados por trabalhos e lazeres cada vez mais on-line, este profissional deve ajudar por meio das auditorias, garantindo que os locais de trabalho sejam justos e sem exageros.

Detetive de dados 

A ciência de dados continua sendo uma área do futuro. Assim, os detetives ajudarão a investigar e analisar as grandes quantidades de dados armazenados.

Especialista em prever calamidade cibernética 

Ao passo que as tecnologias evoluem, os crimes cibernéticos também progridem. Recentemente, aumentaram os ataques ransomwares, sofridos por empresas e instituições. Portanto, estes profissionais trabalharão para evitar ataques hackers.

Arquiteto de tidewater 

Com os desafios das mudanças climáticas e o aumento do nível do mar, os projetos de engenharia civil serão trabalhados e pensados com a natureza, apontando uma tendência de consciência ambientalista.

Gerente de equipe de máquinas e humanos 

A adoção de robôs nos trabalhos deve continuar em ritmo crescente nos próximos anos, possibilitando a criação de uma profissão que opere na ligação entre humanos e máquinas.

Atualize-se com a G2D

Para empreender, é preciso entender mais sobre as profissões do futuro para se manter atualizado e saber para onde o futuro está nos levando. Nesse sentido, a G2D sai na frente, investindo em empresas que têm adotado novas formas de produzir bens e serviços e se relacionar com o meio ambiente.

Para preparar-se e não perder as novidades do mercado que podem te ajudar a crescer, fique por dentro de todas as novidades do mercado e da G2D. Assine a newsletter para ficar por dentro desse universo.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.