RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

2 min de leitura 08 dezembro. 2022

A startup que criou o Lensa, app que está fazendo avatares de todo mundo

# G2D Investments
A startup que criou o Lensa, app que está fazendo avatares de todo mundo

Você, ou seu filho, no mês passado: “Ah, ninguém vai querer ser representado por um avatar na Web3, isso é tão Second Life…”

Você, ou seu filho, agora: Postando no Instagram dezenas de avatares criados pelo Lensa, app com inteligência artificial que transforma selfies em personagens de um universo fantástico.

O que está acontecendo?

As selfies com visual de personagem de RPG são o grande fenômeno das redes sociais do fim de 2022. O app da Lensa se tornou o mais baixado da App Store, na parte de aplicativos de fotos e vídeos.

As buscas no Google por essa palavra-chave cresceram 1000% em um intervalo de dez dias. Nada mau, para um app que já existia desde 2018.

Buscas Google Lensa

Por que a procura pelo Lensa explodiu nos últimos dias?

No dia 21 de novembro, o Lensa ganhou a função “Magic Avatars”.

Como eu faço para virar um personagem?

Após baixar o app, disponível para iOS e Android, você paga entre R$ 10 e R$ 20 pelo direito de subir 10 ou 20 selfies, com variações de cenário e expressão facial. (A empresa também oferece um programa gratuito, chamado Prisma).

Ah, claro, também aceita os termos e condições – incluindo a parte que diz “você nos dá o direito livre de royalties, transferível, sub-licenciável, perpétuo, não exclusivo e mundial de usar todos os dados do usuário, por inteiro ou em partes, de qualquer forma, meio ou tecnologia, mesmo que desconhecido ou desenvolvido posteriormente”

Como o Lensa transforma as fotos?

Uma inteligência artificial interpreta as selfies e cria uma centena de imagens. Cria mesmo: não é um mero filtro, são figuras desenhadas a partir do zero. Várias ficam bem esquisitas, mas as boas ficam impressionantes.

Qual é a startup por trás do Lensa?

Prisma Labs Inc. é uma startup em San Francisco, na Califórnia, fundada em 2016 por jovens cientistas de dados nascidos na Rússia.

Em 2019, a Prisma Labs recebeu US$ 6 milhões em uma rodada de investimentos série A. O aporte veio dos mesmos investidores da rodada seed: Palta, Elysium Venture Capital e Taver Capital Partners.

Das quatro pessoas-chave da Prisma, apenas a CPO Alena Slobodianiuk, usa um “avatar mágico” no Linkedin. O CEO e o cientista de dados usam imagens convencionais, e outro fundador nem usa foto.

Equipe Prisma Labs

A G2D não investe na Prisma Labs, apenas acompanha com interesse as aplicações da tecnologia de inteligência artificial.