RI: conheça nosso portfólio e resultados financeiros

4 min de leitura 13 julho. 2022

Taxa de performance: entenda como essa cobrança funciona

# G2D Investments
Taxa de performance: entenda como essa cobrança funciona

Quanto custa investir em fundos de investimento? Você sabia que esse tipo de aplicação acompanha uma cobrança relacionada à gestão? A taxa de performance  é cobrada por gestoras para garantir que o investidor receba a melhor rentabilidade possível. Normalmente, o valor varia entre cada instituição financeira. 

Se você quer aprender mais sobre como esse investimento funciona, não pode deixar de se informar sobre os custos envolvidos. Afinal, é importante discernir as tarifas justas das abusivas. Neste artigo, entenda para que serve e como a taxa de performance funciona na prática. 

O que é a taxa de performance e para que ela serve

A taxa de performance é um valor cobrado do cotista que investe em um fundo de investimentos com gestão ativa. Ela é repassada ao profissional conhecido como gestor de investimentos. O percentual e até a cobrança dessa tarifa variam entre as organizações responsáveis pelos fundos, sendo cobranças definidas na prática de cada fundo de investimento. 

A principal característica dessa taxa é ser um percentual cobrado apenas sobre os rendimentos acima de um determinado benchmark (índice de referência). Nos fundos de ações, por exemplo, o benchmark geralmente é o índice Bovespa, indicador do desempenho médio das ações da B3.

Essa lógica está diretamente ligada ao desempenho do gestor do fundo. Afinal, esse profissional só obtém o valor da taxa caso garanta rendimentos acima do benchmark definido na política do fundo, que geralmente fica acima da média do mercado. Em outras palavras, o valor pago pelo cotista pode ser visto como uma recompensa ao trabalho do gestor ou da gestora de investimento.

Diferença entre taxa de performance e taxa de administração

Além da taxa de performance, existe outro tipo de custo: a taxa de administração em fundos de investimento. Ela representa o valor cobrado por instituições financeiras e gestoras de investimentos em cima do montante aplicado por um investidor em um determinado fundo. 

A taxa de administração é a mais conhecida entre as taxas cobradas por fundos, como os imobiliários, de multimercados, de ações, entre outros. Segundo dados da plataforma Economatica, a cobrança normalmente varia de 0,25% a 2% ao ano. 

Já a taxa de performance, no Brasil, costuma girar em torno de 20% sobre o resultado que ultrapassar o benchmark. Em geral, a tarifa é cobrada semestralmente e debitada automaticamente pelo fundo.

Vale a pena pagar por essa taxa? 

Será que existe uma relação de custo-benefício sobre o valor pago ao gestor de fundos em busca de melhores rendimentos? Tendo em vista que, segundo a Anbima, b​rasileiros investem mais dinheiro em fundos do que em ações e títulos públicos, isso é importante. 

Legalmente, não há regra que limite o percentual da taxa. Ele varia de acordo com a complexidade e as estratégias de investimento do fundo. Quanto mais complexo o mercado em que o fundo atua é, mais conhecimentos são exigidos do profissional na gestão ativa. Logo, pode compensar pagar a taxa e ter garantia de uma boa gestão. 

Resumidamente, é importante ficar de olho no seguinte fator: espere taxas menores de fundos de investimento com títulos mais simples e padronizados. Além disso, quanto menores forem a aplicação e a permanência mínima exigida pelo regramento do fundo, maior pode ser a taxa de administração. 

Faça investimentos melhores com a G2D

Para investir na G2D, não é preciso pagar taxas de performance e administração. Basta digitar o código da ação (G2DI33) no home broker da sua corretora de investimentos e começar a aplicar nas companhias do portfólio. 

Com uma aplicação, você tem acesso a investimentos em companhias inovadoras, baseadas em tecnologia de ponta. Os negócios do portfólio da G2D estão sediados no Brasil, nos Estados Unidos e até em países da Europa. Aliás, oito deles são startups bilionárias, consideradas unicórnios

Que tal ter mais eficiência nos seus investimentos? Quanto mais você entende sobre o mercado financeiro, mais expertise agrega à sua carteira. Conheça a plataforma da G2D e não esqueça de se inscrever na newsletter. Assine aqui para receber as novidades do nosso portfólio e as análises de especialistas.

#

Conteúdos sobre tecnologia, startups e investimentos em Venture Capital e ativos alternativos.